segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Como se transformar num lobisomem


Embora o lobisomem seja por muitos considerado como a criatura mais perigosa que existe, é certo que a sua ferocidade tem sido algo mitificada. Um lobisomem é sensível e tem sentimentos. Existem mesmo relatos de pessoas que já viram lobisomens a chorar...

Assim, numa certa altura da vida é normal que sejamos assaltados pelo desejo de nos tornarmos lobisomem! Trata-se, no entanto, de uma decisão importante que não deve ser tomada de ânimo leve. Existem vantagens óbvias na transformação mas também há alguns inconvenientes. É recomendável que os prós e os contras sejam devidamente ponderados.

Assim que tiver a certeza o passo seguinte é saber como o fazer.

De um modo geral, há quatro maneiras de nos transformarmos num lobisomem:
1. Ter pais que eram lobisomens;
2. Ser mordido por um lobisomem;
3. Ser amaldiçoado;
4. Recorrendo a feitiços.

De modo a nascer com a capacidade genética de de se transformar num lobisomem (o que a ciência chama de "Licantropia Genética"), ambos os pais têm de ter o gene lobisomem, ao contrário do que acontece com os vampiros e zombies, por exemplo. Estes aspectos genéticos encontram-se descritos em detalhe na obra clássica de Heretonicwz, "Topics on werewolf genetics", Transilvan Editions, 1970.

Um humano que não tenha nascido com licantropia genética pode ainda transformar-se num lobisomem se tiver a sorte de ser mordido por outro lobisomem.

À semelhança dos vampiros, os lobisomens transportam uma bactéria que é tóxica para os humanos. Esta bactéria é a responsável pela transformação. Ao contrário dos vampiros, no entanto, os lobisomens não transportam uma quantidade suficiente de bactérias na sua corrente sanguínea pelo que a contaminação se dá pela bactéria infecciosa passada através da saliva.

Imediatamente após a mordedura a bactéria começa a sua replicação na corrente sanguínea do hospedeiro. O processo demora cerca de 6 semanas durante o qual o portador sentirá insónia, dores de cabeça e vontade de urinar nos pneus dos carros, mas sem transformação física evidente.

Findo este período, o humano poderá então transformar-se e passará a ser um lobisomem de pleno direito.

A terceira possibilidade é a de ser amaldiçoado. Trata-se, no entanto, de um fenómeno muito raro só tendo sido presenciado por mim uma única vez.

A transformação é também possível recorrendo a feitiços. O feitiço de transformação básico deve ser efectuado em noites de lua cheia. Alguns sugerem que se deve fazer nú pelo que convem escolher um local isolado. São essenciais ornamentos como dentes de lobo que ajudam à transformação. Para a metamorfose se dar é essencial olhar para a lua e uivar.

Se, no entanto, optar por um ambiente mais mistico, pode também fazer um altar a Diana, decorá-lo com imagens da lua, da floresta e dos seus animais preferidos como, por exemplo, cães, lobos e veados. Em seguida colocar um prato com água ou um espelho de modo a reflectir a luz da lua. Também aqui é recomendável a nudez. Olhar para o altar e uivar até ocorrer a transformação. Depois é vestir e ir para casa.

Uma outra possibilidade é o feitiço da lua cheia. Ir para a floresta ... lua cheia... blah, blah,blah... circulo ... caldeirão ... despir .... esfregar o corpo com terra ... etc, etc... e dormir ao relento. Esta técnica tem a vantagem óbvia de que, se não ocorrer a transformação em lobisomem, pelo menos é-se mordido por um!

14 comentários:

Vani disse...

Tenho uma outra sugestão de possibilidade: deixar de ir à depilação. Ou não ir. Especialmente no caso dos orgulhosos portadores de níveis elevados de testosterona (a tal que provoca pêlos no peito) e ainda mais nos orgulhosos portadores de cromossoma Y com o alelo dos pêlos nas orelhas!

Ainda outra possibilidade: ser adoptado por lobos.


A mais comum: convencer-se que é um lobisomem.

S. disse...

Eu gosto de lobisomens, são fofinhos. Se não fosse pelo pelo (!!!) que largam, consideraria adoptar um!

Isa disse...

E o que é que faz um lobisomem mais exactamente? não fala?? se não fala eu quero um!

S. disse...

Isa,
acho que serve, basicamente, para enfeitar.

E para correr atrás dos carteiros.

Nawita disse...

Eu não ia querer um Lobisomem em minha casa. Pelo pelo que largam, pelo cheiro com que ficam e pelos presentes.
Sim, se a minha gatinha linda traz-me ratinhos piquininos, imagino o que me traria um Lobisomem.

Victor disse...

Victor disse eu acho que daria certo a nudez os dentes de lobo olhar para a lua cheia e uivar

Victor disse...

A e gente ontem eu olhei outro site dessas coisas e um cinto de pele de lobo da para se transformar mas se o cinto for destruído seus poderes de lobisomem também desaparecem e você pode ate morrer

osmar junior disse...

faz do modo mais facil pl mordida eu tenho amigos assim cm e q sao lobisomens e a gente pode ajuda

Anónimo disse...

sério Osmar

Anónimo disse...

Sério Osmar ?

Anónimo disse...

Se vc que me ajudar eu dou meu emdereço

Naftali Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leo Nascimento disse...

Ei osmar por favor me ajude quero ser um licantropo
Av.Marinho Franco
numero da casa : 757
Cidade:Rondonópolis
estado:Mato Grosso
país:Brasil
continente:sul americano
TERRA !
+5506697249083

Tiago disse...

Eu quero me tornar um lycantropo, ou ser amaldiçoado por alguém pois eu quero o dom da mordida mas não conheco nenhum lycan. Então a única forma que eu vejo é sendo amaldiçoado por algum mago ou bruxo, Eu permito
Meu nome é Tiago moro no Rio de Janeiro- bairro Campo Grande. É estudo na escola jeannette mannarino no turno da tarde. Tenho 16 anos e tenho certeza da minha escolha