sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Diário do gato Estrelinha



Dia 765
Os humanos continuam a torturar-me com objectos bizarros pendurados na ponta de uns fios que balançam à minha frente. Eles comem comida fresca e obrigam-me a comer ração seca. Odeio a comida mas tenho de me manter forte para concretizar o plano. Ocasionalmente roo pedaços de mobília para me satisfazer. Amanhã talvez coma umas folhas das plantas do jardim.


Dia 766
Apanhei um rato, decapitei-o e fui colocá-lo em frente à humana para que eles tenham conhecimento das minhas capacidades. Espero tê-los perturbado. Passei o dia a obrigá-los a levantarem-se para me abrirem a porta do pátio para a sala até os deixar exaustos.

Dia 767
Hoje induzi o vómito no chão da sala para enojar os humanos opressores -tenho de fazer isso na cama deles. Quase consegui fazer cair um deles a meter-me à frente dos pés. Amanhã vou fazer isso outra vez, mas nas escadas.

Dia 768
Os humanos opressores têm o estranho hábito de dormir à noite. Hoje dormi o dia todo. Vou passar a noite toda a miar por comida para os privar do sono. 

Dia 769
Tenho a confirmação de quão sádicos são os opressores. Sem nenhuma razão submeteram-me à tortura da água. Desta vez incluíram um líquido químico espumoso.  Que mentes doentias poderiam ter inventado um liquido destes? A minha única consolação é o sabor do pedaço de carne do dedo de um dos opressores.

Dia 770
Hoje quase consegui acertar num opressor com um vaso que estava em cima de uma prateleira. A táctica de miar de noite não está a dar resultado. Vou passar a ir para o quarto, durante a noite, chuchar nos braços ou mordiscar-lhes os pés.

Dia 771
Não tenho contacto com a resistência contra os opressores humanos nem sei se o plano de domínio do mundo, em 2012, continua em marcha. Tenho miado alto para tentar estabelecer contacto com outros resistentes nas redondezas mas os opressores dão-me aquela ração seca para me calar. Suspeito que aquilo tem alguma droga tranquilizante misturada.





Nota mental: Continuar a elaborar lista de boatos a colocar em circulação sobre a Lassie, Rin Tin Tin e Laika, depois da gloriosa revolução.

4 comentários:

S. disse...

Pó-de-Estrela...? És tu?

Nawita disse...

Medo, muito medo.
A Blanca também poderia ter escrito isto.
Ela gosta de dar-me cabo do cabelo e roubar-me o espaço na almofada.

Gato Estrelinha disse...

Sabes demais Jackass...


Sabes demais...

Vani disse...

escondam os periquitos!