terça-feira, 19 de outubro de 2010

O sentado da vida

Acabei de encontrar Deus na paragem do autocarro. Estava à espera do 727 para o Restelo. Falámos sobre o tempo, sobre o Benfica... Quando o autocarro estava a chegar perguntei-lhe qual era o sentido da vida. Ele respondeu:

"Amarelo"!

Entrou no autocarro e partiu. Eu fiquei. De repente, tudo fez sentido para mim!

2 comentários:

Vani disse...

Dado que o Sol nos parece amarelo, compreendo que se tenha feito luz... :D

A disse...

uma história simples. basicamente o que Deus estava a dizer é que o sentido da vida é gerido pelos autocarros amarelos da carris.